31.1.13

TOUR MONT BLANC

Seja no estacionamento ou num bar, “Como foi a pedalada?” é uma pergunta cheia de significado. Voltando de uma aventura de vários dias ou em vários países com amigos e uma nova bike, você ouve muito esta pergunta. Logo que volto de uma trilha, empolgado com toda a emoção recém vivida, muitas vezes me vejo contando histórias redundantes e exageradas como resposta.


Admito que, num esforço de descrever os melhores momentos de uma pedalada, a verdade pode, às vezes, tirar umas férias. Tudo bem, talvez eu não tenha feito TODAS as curvas na parede, e nem tenha levantado poeira até a altura dos ombros. Por sorte para mim (e para você!) a história do Tour Mont Blanc está documentada. As fotos e vídeos a seguir descrevem nossa aventura sem exageros.


Por favor, dedique um pouco do seu tempo para explorar as provas desta pedalada verdadeiramente “épica”. Veja a paisagem e a trilha, e deixe sua imaginação colocar você no selim. Daí, suba na sua bike e faça sua própria aventura. --Matt Hunter


Conheça a nova Specialized Enduro e encomende a sua!!!

30.1.13

Bruno Matheus é o novo integrante da equipe francesa Poissy


Já de volta a Portugal, no Projeto Rio Maior 2016, onde tem o objetivo conquistar a vaga olímpica, o triatleta santista Bruno Matheus  é contratado pela equipe francesa de triathlon Poissy. Ele foi convocado para participar do Grand Prix de Triathlon, maior evento da modalidade na França.

 O Grand Prix de Triathlon possui cinco etapas durante o ano e reúne os melhores triatletas do mundo contratados por clubes franceses. São 16 equipes masculinas e 14 femininas, compostas sempre por seis atletas, sendo obrigatoriamente três franceses e três estrangeiros. “Estou muito feliz por ter sido convidado para fazer parte de uma equipe tão importante. Ano passado, a equipe Poissy foi a 4ª no masculino”, diz Bruno que é o único brasileiro no campeonato.
Bruno Matheus é tem o patrocínio da Flets, parcerias do Exército Brasileiro e da CBTri e apoio Bike Shop Santos.

Texto: Simone Pustiglione - Classi Imprensa e Comunicação

Fotos: Jeferson Silva

24.1.13

Triatleta santista Bruno Matheus conta como está sendo sua preparação no início da temporada, em Portugal


Depois de passar uma temporada de treinamento, competições e férias no Brasil, o triatleta da Seleção Brasileira de Triathlon Bruno Matheus, ingresso no Projeto Rio Maior 2016, retorna a Portugal onde inicia mais uma temporada em busca da vaga para os Jogos Olímpicos. Serão quatro anos de puro treinamento e competições específicas para que o sonho de defender o país nos Jogos do Rio de Janeiro se torne realidade.

Há 15 dias em Portugal, Bruno está enfrentando as temperaturas baixas, bem diferentes das que deixou em Santos, no começo do mês. “Foi um pouco difícil, estava perdido em até o que usar para correr e pedalar, mas logo me encontrei com roupas ideais. Até que não está tão frio, o maior problema mesmo são as chuvas de janeiro e como a maioria dos treinos de corrida é feito em trilhas, encontramos muitos obstáculos como árvores caídas e lamas. Mas é bem divertido. Me sinto uma criança novamente e me vem lembranças de quando eu tinha uns 12 anos e acampava nas férias, com atividades nas matas e do meu primeiro técnico de triathlon, o Mosquito,  quando fazíamos treinos em trilhas em São Vicente”, descreve Bruno.

Foram duas semanas de adaptação à estrutura que continua sendo fortificada. “Isso tem que ser feito com muita calma e paciência. Temos tempo para escolher as melhores provas, e a prioridade até o inicio do ranking olímpico é o treinamento e com foco na técnica”, explica o triatleta que diz ainda sobre  o clima do Centro de Estágios e Formação Desportiva de Rio Maior. “Além de nós, brasileiros, temos a companhia de um chileno e um koreano que ajudam a compor uma equipe de muito entrosamento e união. Isso é fundamental para que os treinos aconteçam de maneira saudável”, finaliza.

Bruno Matheus é tem o patrocínio da Flets, parcerias do Exército Brasileiro e da CBTri e apoio Bike Shop Santos.

Texto: Simone Pustiglione - Classi Imprensa e Comunicação
Fotos: Ricardo Oliveira e Pâmella Oliveira

9.1.13

Bruno Matheus se despede do EC Pinheiros


Decidido a buscar a vaga para os Jogos Olímpicos que acontecem em 2016 no Brasil, o triatleta da Seleção Brasileira Bruno Matheus se despede da equipe de triathlon do Esporte Clube Pinheiros. Foram quatro anos de parceria ao lado do técnico Luiz Gandolfo, encerrada no final de 2012.


“Infelizmente, na vida, temos que fazer escolhas e uma delas foi a de continuar morando em Portugal, onde tenho possibilidade de treinar com grandes atletas e me preparar para as olimpíadas. E o fato de morar fora do Brasil me impedia de continuar fazendo parte da equipe do Pinheiros”, explica Bruno que já está de  volta a Portugal.

Durante o período que esteve no Pinheiros, Bruno Matheus foi campeão do Triathlon do Exército, vice campeão da Copa Pan-americana, campeão do Villa de Bravo, vice campeão Sul-Americano, vice-campeão nos Jogos Mundiais Militar, Campeão dos Jogos Abertos do Interior, vice campeão Europeu Militar, 16º colocado na Copa do Mundo de Triathlon em Yokohama, 14º nos Jogos Pan-Americanos e top 30 na Grande Final da Copa do Mundo na Nova Zelândia. Esteve também nos Jogos Olímpicos de Londres, como reserva da Seleção Brasileira. “Foi muito importante ter feito parte do time do Pinheiros. Aprendi com todos e só tenho a agradecer a equipe e principalmente ao diretor de triathlon, Fernando Fiorovanti e ao técnico Luiz Gandolfo”, conta o atleta.

Bruno Matheus tem o patrocínio da Flets, parcerias do Exército Brasileiro e da CBTri e apoio Bike Shop Santos.

Texto: Simone Pustiglione
Classi Imprensa e Comunicação
Fotos: arquivo pessoal