7.10.13

Com a 22ª colocação, Bruno Matheus encerra co Circuito Mundial de Triathlon em 2013

O triatleta Bruno Matheus participou nesse domingo,  (06) da World Cup Cozumel, no México. A competição foi em distância sprint, com 750m de natação, 20 km de ciclismo e 5 km de corrida. O brasileiro conquistou o 22º lugar com o tempo de 54min30s. O campeão foi o espanhol Javier Gomes, medalha de prata nas olimpíadas de Londres e campeão mundial de 2013. 
 A competição, que reuniu grandes nomes do cenário mundial, estava com um nível forte. Bruno Matheus alega que teve o desempenho que gostaria, no entanto, um erro na primeira transição, fez com que ele sofresse uma penalidade, caindo um pouco o rendimento. “Gostei muito da minha prova, finalmente consegui encaixar minha natação e saí no pé do Javier. No ciclismo consegui me manter no grupo, pedalando forte para poder acompanhar a corrida”, explica o atleta.

Mas como na primeira transição, Bruno não colocou os acessórios no lugar correto, durante o percurso da corrida ele foi obrigado ficar 10 segundos parado no ‘pênalti box’. “Essas coisas acontecem, infelizmente errei e tive que pagar pelo erro. Sei que podia ter conquistado uma colocação melhor, mas o calor durante a corrida também interferiu nesse resultado”, comenta.    
Mesmo com um resultado que não era o que ele gostaria, Bruno, que é 3º Sargento do Exército Brasileiro, alega estar satisfeito com seu desempenho. “Estou feliz. Pude provar que a má fase, ou a falta de sorte, durante as provas mundial, foi isolada. Sei do que sou capaz e principalmente que estou pronto para representar o Brasil nos jogos olímpicos de 2016. Gostaria de agradecer o Exército Brasileiro e a Cbtri, pela oportunidade de poder competir e encerrar minhas participações no circuito mundial com um excelente resultado”, finaliza Bruno.
Bruno Matheus é integrante da equipe francesa Poissy e tem o patrocínio da Flets, parcerias do Exército Brasileiro e da CBTri e apoio Bike Shop Santos.
Texto Simone Pustiglione  - Classi Imprensa e Comunicação
Foto: Jorge Cammarata

Nenhum comentário:

Postar um comentário