24.1.13

Triatleta santista Bruno Matheus conta como está sendo sua preparação no início da temporada, em Portugal


Depois de passar uma temporada de treinamento, competições e férias no Brasil, o triatleta da Seleção Brasileira de Triathlon Bruno Matheus, ingresso no Projeto Rio Maior 2016, retorna a Portugal onde inicia mais uma temporada em busca da vaga para os Jogos Olímpicos. Serão quatro anos de puro treinamento e competições específicas para que o sonho de defender o país nos Jogos do Rio de Janeiro se torne realidade.

Há 15 dias em Portugal, Bruno está enfrentando as temperaturas baixas, bem diferentes das que deixou em Santos, no começo do mês. “Foi um pouco difícil, estava perdido em até o que usar para correr e pedalar, mas logo me encontrei com roupas ideais. Até que não está tão frio, o maior problema mesmo são as chuvas de janeiro e como a maioria dos treinos de corrida é feito em trilhas, encontramos muitos obstáculos como árvores caídas e lamas. Mas é bem divertido. Me sinto uma criança novamente e me vem lembranças de quando eu tinha uns 12 anos e acampava nas férias, com atividades nas matas e do meu primeiro técnico de triathlon, o Mosquito,  quando fazíamos treinos em trilhas em São Vicente”, descreve Bruno.

Foram duas semanas de adaptação à estrutura que continua sendo fortificada. “Isso tem que ser feito com muita calma e paciência. Temos tempo para escolher as melhores provas, e a prioridade até o inicio do ranking olímpico é o treinamento e com foco na técnica”, explica o triatleta que diz ainda sobre  o clima do Centro de Estágios e Formação Desportiva de Rio Maior. “Além de nós, brasileiros, temos a companhia de um chileno e um koreano que ajudam a compor uma equipe de muito entrosamento e união. Isso é fundamental para que os treinos aconteçam de maneira saudável”, finaliza.

Bruno Matheus é tem o patrocínio da Flets, parcerias do Exército Brasileiro e da CBTri e apoio Bike Shop Santos.

Texto: Simone Pustiglione - Classi Imprensa e Comunicação
Fotos: Ricardo Oliveira e Pâmella Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário